R. Joaquim Floriano, 466 - Cj. 1014 (esquina com a R. Bandeira Paulista)

Itaim Bibi, São Paulo, SP

Tel/fax: 2165.2384 - 96307.5857

e-mail: dr.andredonato@gmail.com

Consultório

Ortopedia e Traumatologia, Cirurgia do Pé e Tornozelo, Medicina Esportiva. Tratamento e prevenção das lesões ortopédicas do joelho, tornozelo e pé.

Medicina Esportiva

Seleção Campeã 2008

A Medicina Esportiva é a área da medicina voltada ao tratamento e prevenção das lesões e doenças relacionadas à prática de esportes, de forma recreacional ou profissional.

Os benefícios trazidos pela prática regular de atividade física, na redução de fatores de riscos para doenças variadas e sua importância na melhora da qualidade de vida da população (melhora da auto-estima, redução do estresse, entre outros.), são conhecidos e comprovados em vários estudos científicos realizados ao longo das últimas décadas.

O profissional atuante na Medicina Esportiva ganha importância à medida que cresce a procura pela atividade física em nosso meio. Para se ter uma idéia, são organizados por ano no Brasil mais de 600 eventos de corrida de rua, com um público estimado em 4 milhões de corredores espalhados pelo país, a maioria corredores amadores que treinam sem nenhuma orientação profissional. Isto faz crescer exponencialmente o número de lesões ortopédicas relacionadas a esta prática, levando a um grande aumento na procura por tratamento médico. Na maioria dos casos, estes atletas acabam procurando um ortopedista que não possui formação e prática na área do esporte, sendo orientados e encaminhados a tratamentos incorretos e insuficientes, o que acarreta grande frustração com os resultados por parte do paciente e do médico.

Corrida

Se você é atleta, amador ou profissional, saiba que realmente vale a pena buscar orientação de profissionais da área do esporte para aprimorar sua técnica, melhorar seu desempenho e prevenir lesões. E, caso você precise, consulte um especialista na Medicina Esportiva para tratamento adequado.

O Dr. André Donato, vive o esporte há muito tempo. Inicialmente, como atleta de voleibol, jogou por tradicionais clubes da capital paulista como o Esporte Clube Pinheiros, A Hebraica e a extinta Telesp Voleibol. Após ingressar na vida acadêmica, participou intensamente das competições universitárias defendendo as cores da Medicina USP. Ao concluir sua formação universitária, optou pela especialização em Ortopedia e Traumatologia e a seguir as subespecializações em Cirurgia do Pé e Tornozelo e a Medicina Esportiva. Sua ligação com o voleibol acabou por conduzi-lo até a Seleção Brasileira de Voleibol feminino, com a qual trabalhou de 2005 a 2010, tendo o prazer de dividir com este grupo, grandes conquistas como a medalha de ouro nas Olímpiadas de Pequim em 2008.