R. Joaquim Floriano, 466 - Cj. 1014 (esquina com a R. Bandeira Paulista)

Itaim Bibi, São Paulo, SP

Tel/fax: 2165.2384 - 96307.5857

e-mail: dr.andredonato@gmail.com

Consultório

Ortopedia e Traumatologia, Cirurgia do Pé e Tornozelo, Medicina Esportiva. Tratamento e prevenção das lesões ortopédicas do joelho, tornozelo e pé.

A Osteoartrose

O que é Osteoartrose?

A Osteoartrose, também conhecida como artrose ou osteoartrite, é a doença que acomete a cartilagem articular (tecido que reveste as superfícies ósseas que compõem uma articulação). Na prática, caracteriza-se pelo desgaste da cartilagem, que é irreversível.

Quais os sintomas da Osteoartrose?

Com o desgaste estabelecido, ocorre alteração na produção de líquido sinovial (lubrificante das articulações), rigidez progressiva da articulação envolvida e processo inflamatório e dor. A dor é de intensidade variável conforme a gravidade da doença, piorando aos esforços físicos e melhorando parcial ou totalmente com o repouso. Pode haver também inchaço e dificuldade de movimentação articular, mais frequente pela manhã e nos dias frios. Quadros de deformidade progressiva da região envolvida podem instalar-se ao longo dos anos, sendo mais aparentes quando a doença se instala nas mãos e nos joelhos.

Qual o tratamento da Osteoartrose?

Como já dito anteriormente, a Osteoartrose não tem cura, uma vez que a cartilagem articular tem baixo poder de regeneração celular. Entretanto, é possível controlar os sintomas e melhorar o quadro clínico, mesmo nos casos de longa evolução.

  • A fisioterapia tem grande importância para a melhora da dor, manutenção e recuperação do movimento da articulação doente
  • Embora pouco aceita em nosso meio, a bengala é uma opção interessante para reduzir a sobrecarga no membro afetado.
  • Na área dos medicamentos, há a possibilidade do uso de condroprotetores (remédios que protegem a cartilagem) por via oral, anti-inflamatórios, viscosuplementação (reposição do lubrificante articular por meio de injeções sintéticas) e aplicações de plasma rico em plaquetas (PRP).
  • Nos casos onde a destruição articular é muito avançada, a dor é incapacitante e outros meios falharam na tentativa de melhorar a condição do paciente, a cirurgia de Artroplastia está indicada. O procedimento consiste na substituição das superfícies doentes da articulação por uma prótese composta de metal e polietileno.

Para maiores informações, consulte o ortopedista de sua confiança.